Sucessos literários que brilharam nas telas de cinema e foram galardoados com o Oscar de Melhor Roteiro Adaptado. 

1) …E o Vento Levou. 1939. Baseado em Margareth Mitchell. Roteiro: Sidney Howard. Direção: Victor Fleming. 

E o Vento Levou, 1939.
E o Vento Levou, 1939.

Um verdadeiro clássico: Gone with the Wind narra o fim de uma era – os latifúndios sulistas, o plantation de algodão, a escravidão e o prenúncio da Guerra da Secessão envolvem a história de vida da mimada Scarlett O’Hara – brilhantemente interpretada por Vivien Leight. …E o Vento Levou, em 1940, foi indicado ao Oscar em 13 categorias, ganhando em dez – entre eles: Melhor Filme, Diretor, Roteiro Adaptado, Atriz pelo lindo trabalho de Leight, e Atriz Coadjuvante. 

2) Casablanca. 1942. Baseado em Murray Bennett e Joan Alison. Roteiro: Juliuss J. Epstein. Direção: Michael Curtiz. 

Casablabca, 1942.
Casablabca, 1942.

Durante a Segunda Guerra Mundial, na cidade Marroquina de Casablanca, Rick Blaine (Humphrey Bogart) administra um dos cafés mais populares da cidade, o “Café de Rick”, frequentado por pessoas de diversas ideologias políticas. Tudo muda quando Ilsa Lund (Ingrid Bergman), sua ex-amante, chega ao café, fazendo Rick relembrar seu caso de amor. Além da categoria Melhor Roteiro Adaptado, o longa de Curtiz ganhou como Melhor Filme e Melhor Diretor. 

3) O Poderoso Chefão. 1972. Baseado em Mario Puzzo. Roteiro: Mario Puzzo, Francis Ford Coppola e Robert Towne. 

O Poderoso Chefão, 1972.
O Poderoso Chefão, 1972.

A história de uma família italiana, comandada por Don Vito Corleone (Marlon Brando), que faz de tudo para estabelecer seu poderio e supremacia através da máfia. Porém, depois de sofrer uma tentativa de assassinato, Sonny e Michael (James Caan e Al Pacino), filhos de Don Vito, devem assumir o “negócio” da família. Além de ter ganho na categoria Melhor Roteiro Adaptado, The Godfather conquistou o Oscar de Melhor Ator pelo excelente trabalho de Marlon Brando, e Melhor Filme. 

4) O Exorcista. 1973. Baseado em/Roteiro de William Peter Blatty, baseado num caso real de possessão. Direção: William Friedkin. 

O Exorcista, 1973.

A atriz Chris McNeil (Ellen Burstyn) passa a observar que sua filha Regan (Linda Blair) está com comportamentos violentos e heréticos – então, achando que a filha está com problemas psicológicos, a leva para os melhores médicos em busca de um tratamento. Mas o que fazer quando a ciência não pode ajudar? A solução dada a ela é um exorcismo. Indicado em oito categorias do Oscar, O Exorcista ganhou nas categorias Melhor Roteiro Adaptado e Som. 

5) O Silencio dos Inocentes. 1991. Baseado em Thomas Harris. Roteiro: Ted Tally. Direção: Jonathan Demme. 

roteiro adaptado
O Silencio dos Inocentes, 1991.

Clarisse Starling (Jodie Foster), agente do FBI, tem a tarefa de descobrir quem é Buffalo Bill (Ted Levine), um misterioso serial killer de hábitos bizarros e doentis que está amedrontando a América. O único que pode ajudar Starling é Dr. Hannibal Lecter (Anthony Hopkins), um brilhante psiquiatra, que já atendera Buffalo Bill no passado e que tem informações preciosas suas, mas que está preso numa penitenciária de segurança máxima por cometer o crime de canibalismo. O Silencio dos inocentes, conjuntamente com Um Estranho no Ninho e Aconteceu Naquela Noite, conquistou as cinco principais categorias do Oscar: Melhor Filme, Diretor, Roteiro, Ator e Atriz. 

Veja mais: Oscar 2019 | Academia volta atrás e vai transmitir todas as premiações