Black Mirror | Quinta temporada da série terá episódio gravado em São Paulo

Na trama, dois colegas universitários se reencontram mais tarde, desencadeando uma série de eventos que poderiam alterar suas vidas para sempre

São Paulo já serviu como pano de fundo para um episódio da segunda temporada da série Sense8, da Netflix. O serviço de streaming anunciou que a cidade voltará a aparecer em novo sucesso de audiência: um episódio da quinta temporada de Black Mirror, com estreia marcada para esta quarta-feira, dia 05 de junho.

Leia também >>> La Casa de Papel | Netflix divulga trailer da segunda temporada

O episódio em São Paulo se chama Striking Vipers, na trama, dois colegas universitários se reencontram mais tarde, desencadeando uma série de eventos que poderiam alterar suas vidas para sempre. Escrito por Charlie Brooker e dirigido por Owen Harris, o elenco do episódio é composto por Anthony Mackie, Yahya Abdul-Mateen II, Nicole Beharie, Ludi Lin e Pom Klementieff.

As equipes de filmagem da série esteve na capital paulista em março e abril do ano passado. Eles gravaram numa série de locações, entre eles a sede do jornal Folha de São Paulo, com um time que somou cerca de 150 profissionais, tanto brasileiros quanto estrangeiros.

Estão na lista dos lugares que receberam as filmagens o viaduto Santa Ifigênia, as avenidas das Nações Unidas e Chucri Zaidan, o heliponto do edifício Copan, o edifício Louvre – ambos marcos arquitetônicos do centro -, um hotel e o restaurante D.O.M. Os porta-vozes da casa do chef Alex Atala, porém, não confirmaram que o lugar foi mesmo usado como um dos cenários.

Há cláusulas contratuais firmados com a Netflix que determinam sigilo sobre todo o conteúdo do seriado. Outro cenário é um apartamento no edifício Três Marias, na avenida Paulista.

Segundo a sinopse oficial, Black Mirror é uma série antológica que aborda uma certa inquietação coletiva com o mundo moderno. Cada episódio é independente e carrega histórias repletas de suspense ao mesmo tempo em que explora temas relacionados ao universo de paranoia tecnológica em que o mundo vive. Sem dúvida nenhuma, a tecnologia transformou todos os aspectos da vida humana. Nas casas, mesas e mãos de cada um há uma tela de plasma, um monitor e um smarthphone – um espelho que reflete o lado negro da existência no século 21. A série foi criada e escrita por Charlie Brooker, que também assina a produção executiva junto a Annabel Jones.

No último Rio2C, em um dos painéis de debates sobre o audiovisual realizado no fim do abril, o criador, Charlie Brooker, se esquivou de perguntas sobre as gravações na cidade. No entendimento dele, seria spoiler revelar qualquer informação a respeito.

Assista ao trailer que não mostra São Paulo:

Para mais informações, acesse netflix.com/blackmirror.