‘Olhos que Condenam’, série da Netflix, traz mudanças para ex-promotora

1

A nova série da Netflix, “Olhos que Condenam” (“When they see us”), lançada no último dia 31 de maio, tem causados grandes reviravoltas no caso real e já possui altas avaliações dos internautas no portal do Internet Movie Database (IMDb).

Após a divulgação da “Olhos que Condenam”, a história tem ganhado peso na vida real da ex-promotora Linda Fairstein, responsável pelo caso naquela época. A ex-promotora é uma das peças principais do drama de Ava DuVernay e tem sofrido com a repercussão da série.

Nos últimos dias foram lançadas petições on-line e uma hashtag, #CancelLindaFairstein, solicitando o boicote a seus livros e destituição de cargos em algumas associações. Depois de inúmeras críticas no twitter, ela encerrou a sua conta. Ocasionado também sua saída dos conselhos de organizações como a Safe Horizon e a Joyful Heart Foundation.

Recentemente a ex-promotora também foi demitida da editora que publicou 14 livros escritos por ela.  A informação foi confirmada através do da Associated Press, que a empresa “terminou a relação” com Linda.

 A ex-promotora durante muitos anos foi vista de forma positiva, sendo uma das promotoras mais conhecidas dos EUA e também inspirou a série “Law & Order: SVU”.

O seriado de Ava DuVernay da plataforma de streaming possui avaliação 9.1 no site do IMDb, além de contar com cerca de pelo menos 6.904  votos, ganhado a grande aprovação do público. Além disso, todos os quatros episódios também possuem médias de 8.5 á 9, ganhando também o primeiro lugar no ranking de melhor biografia no site.

A série “Olhos que Condenam”, é baseado em fatos reais e conta a história de cinco garotos negros que foram presos por serem acusados de estuprar e matar uma mulher branca no Central Park. Além de abordar o caso sobre o erro judicial, a minissérie também traz temas como preconceito e racismo. O caso ocorreu há 30 anos, em abril de 1989 e os cinco acusados foram liberados em 2002, após evidências de DNA comprovarem a inocência deles.

O minissérie conta com apenas quatro episódios  e está disponível na plataforma de streaming da Netflix.

Veja também: ‘Marighella’, filme dirigido por Wagner Moura, ganha data de estreia