The Handmaid’s Tale | Paramount+ estreia terceira temporada com exclusividade

No Paramount Channel, com exclusividade na TV paga, a previsão de estreia da nova temporada é para o segundo semestre

Neste sábado, dia 15 de junho, o Paramount+, serviço on-demand (SVOD) da Viacom, estreia a terceira temporada da aclamada série, The Handmaid’s Tale – O Conto da Aia,com exclusividade no Brasil. Com os três primeiros episódios, a nova temporada chega para os assinantes da NET assistirem no NOW. Após a estreia, os demais episódios serão disponibilizados na plataforma semanalmente, iniciando no dia 22 de junho.

Leia também >>> Oscar 2020 | Academia Brasileira de Cinema anuncia comissão que vai escolher o representante brasileiro 92ª edição da Premiação

Os clientes da operadora acessam o Paramount+ no NOW, que já conta com as duas temporadas anteriores para serem maratonadas antes da estreia. O acesso à plataforma pode ser feito pelo canal 1 do controle remoto, no site nowonline.com.br ou app para dispositivos móveis.

Com exclusividade na TV paga, a terceira temporada de The Handmaid’s Tale – O Conto da Aia é prevista para o segundo semestre, somente no Paramount Channel.

Baseada no romance best-seller de Margaret Atwood, The Handmaid’s Tale é a história do lugar fictício Gilead, uma sociedade totalitária, que antes representava os Estados Unidos. Em um momento em que encarava diversos desastres naturais e uma alta taxa de natalidade, Gilead é governada por um regime fundamentalista e como uma das poucas mulheres férteis restantes, Offred (Elisabeth Moss) é forçada a servir como escrava sexual, como a última tentativa desesperada de repovoar o mundo. Nessa sociedade assustadora, Offred tem que encarar Commanders, suas cruéis esposas, a doméstica Marthas e suas queridas artesãs – e uma delas viria a se tornar uma espiã para Gilead – com um único objetivo: sobreviver e encontrar sua filha que foi tirada dela.

Além da estrela Elisabeth Moss, a terceira temporada da série conta com Elizabeth Reaser e Christopher Meloni no elenco e é motivada pela resistência de June ao regime distópico de Gilead e sua luta para revidar contra adversidades esmagadoras. Em 13 episódios, encontros surpreendentes, traições e uma jornada ao aterrorizante coração de Gilead obrigam todos os personagens a se posicionarem, guiados por um lema desafiador: ‘Bendita seja a luta’.