Morreu nesta quarta-feira (19) Rubens Ewald Filho, conceituado crítico de cinema do Brasil. Ewald Filho estava internado em estado grave desde maio no Hospital Samaritano, após um desmaio seguido queda de uma escada rolante em um shopping de São Paulo. De acordo com a assistente do crítico, Marta Giovanelli, o desmaio foi causado por uma arritmia cardíaca.

O velório acontecerá das 15h às 17h dessa quinta-feira (20) na Cinemateca Brasileira. O enterro será no Cemitério dos Protestantes às 16h.

Nascido em Santos (SP) em 7 de março de 1945, Rubens Ewald Filho formou-se na Universidade Católica de Santos. Seu amor pelo cinema fez com que ele se tornasse um dos maiores críticos de cinema do país. O crítico alegava ter assistido a mais de 60 mil filmes entre longas e curta-metragens

Rubens trabalhou nos principais veículos do país; entre eles Rede Globo, SBT, Grupo Record (portal R7 e Record News), RedeTV!, TV Cultura (onde começou a carreira), revista Veja , Jovem Pan, e Folha de S.Paulo, além de HBO, Telecine e TNT, onde comandou o programa TNT+Filme e as entregas do Oscar.

Fontes: O Globo, Veja.