Mulan é o próximo desenho da Disney a receber uma versão em live-action. O diretor da Nova Zelândia, Niki Caro, está no comando deste remake e as expectativas são altas. O filme de 1998 foi o 7º filme de maior bilheteria do seu ano, e em 2020; Mulan supostamente tem o maior orçamento para um filme até o momento.

Poster oficial do filme

O primeiro trailer foi recebido de modo geral de maneira positiva. Mas alguns fãs se sentiram desapontados por não ver Shang e Mushu no trailer. Outro fator que levantou discussão é a falta de música.

Surgiram muitos rumores sobre a presença das músicas nos filmes. A única noticia oficial sobre as músicas é que elas serão apresentadas apenas em versões instrumentais. Ou seja, em nenhum momento teremos personagens cantando.
Apesar da animação de 98 ter muitas músicas, elas não chegam a ser um sucesso relevante como as canções de O rei Leão.

Mushu não estará no desenho como um dragão

A versão da Disney de 98, assim como quase todas as suas animações clássicas, é baseado em material pré-existente. 

 A Balada de Mulan, foi composta no século XVII, no entanto a coleção de cânticos originais se perdeu, mas existe uma versão posterior incluída em uma antologia de poemas líricos e baladas compilada por Guo Mao Qian no século XI ou XII. 

A história de Hua Mulan se tornou parte da cultura tradicional chinesa, e ao longo dos anos sua história foi representada em vários materiais diferentes, como filmes, séries e desenhos. Então não é de se admirar que a Disney queria ter sua própria versão deste conto clássico.

poster da animação de 1998

O problema é que, como uma empresa de mídia americana, a Disney  americanizou de mais o conto a ponto de torná-lo apenas uma história americana com personagens exóticos. As mudanças na história, os dubladores americanos, os animais falantes, tudo foi feito para tornar Mulan, mais um filme de princesas da Disney. 

E isso tornou a história muito impopular na China.

A nova versão em live-action vem para tentar mudar esses erros cometidos. A história vai se apegar aos contos clássicos da heroína; e o filme será um drama de ação mais focado nas batalhas.

Poster do filme

É claro que a Disney não vai se distanciar totalmente da sua animação, mas ela terá uma oportunidade única, de contar da melhor forma possível  uma história clássica e sagrada para um povo.

comparativo entre filme e animação

E para aqueles que estão sentidos, por não ter mais os elementos da animação na nova versão; basta lembrar que Mulan de 98 ainda existe. E pode ser vista a qualquer momento para matar a saudade dos personagens tão amados. O remake é para um novo público de uma nova era que aprendera  com coisas novas.

Fonte: Screenrant