The Oa estrelou Brit Marling como uma mulher cega que desapareceu, há 7 anos, e retornou de repente com a visão restaurada. Referindo-se a si mesmo como O (anjo original). Ela então recruta uma pequena equipe para ajudar a resgatar outras pessoas que desapareceram abrindo um portal para outra dimensão.

Creditos: Netflix

Marling co-criou a série junto com Zal Batmanglij, além de estrelar. Os dois também foram produtores executivos.

Creditos: Netflix

“Estamos incrivelmente orgulhosos dos 16 capítulos hipnotizantes de ‘The OA’; e somos gratos a Brit e Zal por compartilharem sua visão audaciosa e por realizá-la através de sua incrível arte”. Estamos ansiosos para trabalhar com eles novamente no futuro, nesta e talvez em muitas outras dimensões.” Disse Cindy Holland, vice-presidente de conteúdo original da Netflix .

 A série recebeu críticas positivas dos críticos; com as duas temporadas de oito episódios apresentando uma média de aprovação de 84% no Rotten Tomatoes entre eles.

Fonte: Variety