Há uma semana atrás, os fãs da série The OA foram surpreendidos com a notícia de que ela foi cancelada. No entanto, uma teoria criada pelos fãs está sendo compartilhada, em virtude de afirmar que o cancelamento é apenas um marketing para uma suposta 3ª temporada.

#SaveTheOA

Os fãs se manifestaram nas redes sociais dizendo que a série, que só vai até a segunda temporada, merecia mais uma temporada para concluir o enredo. O posicionamento e o debate teórico dos fanáticos pela série, começaram no site Reddit. As hashtags #SaveTheOA e #TheOAisreal também estão sendo usadas no Twitter e Instagram.

Além das hashtags, a coreografia mostrada na série também está circulando entre os internautas.

O anúncio do cancelamento foi feito tanto pela Netflix quanto pelos criadores da série, Brit Marling e Zal Batmanglij. Eles afirmaram que não pretendem dar continuidade na produção que deixou vários ganchos na terceira temporada. Brit, que também atua na série interpretando Prairie Johnson (ou OA), postou em seu perfil do Instagram um texto para os fãs.

De acordo com os fãs, os posts e pronunciamentos utilizam aspectos e evidências que aparecem na última temporada.

Segundo aponta um post no Reddit (rede aonde os usuários discutem teorias variadas), o anúncio da Netflix e criadores da série foi dado na mesma data que os fãs lançariam a petição para renovar a série. “A Netflix sabia que a hashtag #RenewTheOA seria lançada nesta data. Eles sabem esse tipo de coisa. O algoritmo deles diz esse tipo de informação”, diz o post.

Outra pista, seria a referência à Vó Vu na carta de despedida de Brit. A atriz descreve o post como “o último texto para Vó Vu”. É uma pista, já que na última temporada entendemos que o texto deixado por sua neta (Michele/Buck) não foi exatamente o último.

A teoria para uma “3ª temporada” (contém spoilers)

Netflix/Reprodução

A segunda temporada apresenta OA no “mundo real”. Ela não lembra quem é e de onde veio. No decorrer da trama, no último episódio, somos surpreendidos pelo efeito da quarta parede. OA, que nesta temporada é Nina Azarova, é apresentada finalmente como Brit Marling (o nome da atriz protagonista).

Assim como as cenas finais, Brit se machuca devido a uma queda no set filmagem. Desta forma, a 3ª temporada se inicia com Brit impossibilitada de gravar, e portanto, a série é cancelada. Hap (Jason Isaacs) quer fazer de tudo para que Nina e OA entrem em Brit, como uma forma de a fazer voltar às suas personagens.

Em conclusão, o que Hap quer é convencer Brit a voltar com a série. O resto da história seria mais confusa para OA e mais reveladora para o público.

Sobre a série The OA

Netflix

A série se trata de uma jornada entre tempo e espaço, aonde cinco pessoas se veem relacionadas com uma mulher misteriosa. Prairie Johnson (Brit Marling) estava desaparecida por sete anos. Quando é encontrada, volta com misteriosos novos sentidos. Ela se vê com uma missão de abrir portais e regredir no caminho que percorreu.

The OA é uma das séries mais complexas da Netflix. Não somente isto, ela leva o peso de não ser contemplada como deveria. Nas suas duas temporadas, ou partes, a história tomou caminhos complexos, ainda que brilhantes.

A sua estreia foi em 2016 e levou 2 anos e meio para voltar com a segunda temporada. Com um enredo dramático e de suspense, The OA ainda aborda elementos de ficção científica, do sobrenatural e da fantasia.

Tanto as pistas quanto a teoria seguem o estilo tridimensional que a série apresenta. E você? Acredita que o cancelamento faz parte da série?

As 2 temporadas estão disponíveis na Netflix.

Netflix/Divulgação