No lançamento da primeira trilogia de Star Wars, George Lucas afirmava ter em mente mais seis filmes na cronologia oficial. Muitos anos depois, surgiram os queridos e odiados prequels.

George então mudou o seu discurso, dizendo que seria o fim. Mas não foi o que aconteceu.

Quando a Disney comprou a LucasFilm, ela continuou a produzir o conteúdo de Star Wars de maneira incessante e ambiciosa, dividindo opiniões dos fãs, mas não deixando de ser uma das obras mais aguardadas do ano.

Durante uma entrevista ao The New York Times, o CEO da empresa, Bob Iger, admitiu ter exagerado:

Acho que colocamos muita coisa no mercado, muito rápido. Eu acho que a capacidade da empresa de contar histórias é infinita, devido ao número de talentos que temos aqui. E esse talento é maior do que nunca, muito por causa da influência da FOX.

Lembrando que a Disney cancelou o desenvolvimento de alguns filmes derivados após o fracasso de Han Solo, mas investiu em séries originais para a Disney+, como Obi-Wan e The Mandalorian.

Pôster do novo filme retirado do site Jovem Pan

O elenco do último filme da trilogia conta com Daisy Ridley, Adam Driver, John Boyega, Oscar Isaac, Lupita Nyong’o, Domhnall Gleeson, Kelly Marie Tran, Joonas Suotamo, Billie Loud, Naomi Ackie, Richard E. Grant, Kery Russel, Mark Hamill e Billy Dee Williams.

Carrie Fisher também aparecerá como a General Leia através do uso de imagens que não foram divulgadas em O Despertar da Força.

A Ascensão Skywalker chega aos cinemas em 19 de Setembro de 2019.

Fonte: Adoro Cinema