No início do mês, a Marvel lançou um site para promover a candidatura de Vingadores: Ultimato ao Oscar 2020. Na lista, estão 12 categorias para a consideração da Academia, as quais são:

  • Melhor Filme
  • Melhor Direção
  • Melhor Roteiro Adaptado
  • Melhor Fotografia
  • Melhor Edição
  • Melhor Design de Produção
  • Melhor Figurino
  • Melhor Maquiagem
  • Melhor Mixagem de Som
  • Melhor Edição de Som
  • Melhores Efeitos Visuais
  • Melhor Trilha Sonora

Muitos fãs reclamaram a falta de Robert Downey Jr na lista para a campanha, porém agora o ator revelou que isso foi um pedido dele.

Em uma entrevista concedida ao radialista Howard Stern, o ator comentou sobre ter ficado fora das intenções do estúdio de ser indicado. O apresentador apontou a possibilidade de, por se tratar de filmes de super-heróis, a Academia esnobá-los, por mais que seus personagens sejam fáceis de acreditar e atuações ótimas.

Eu estou feliz que você comentou sobre isso, porque chegamos a conversar sobre isso e eu disse: ‘não vamos…’ E isso porque eu sou muito mais como vocês do que vocês querem acreditar.

Robert Downey Jr ainda falou sobre o polêmico comentário do diretor Martin Scorsese, no qual o cineasta disse que a Marvel não faz cinema. Downey afirmou que não se sentiu ofendido.

Eu considero a opinião dele, porque, como em tudo, precisamos de perspectivas diferentes para que a gente consiga avanças.

Robert Downey Jr. não quis ser indicado ao Oscar
SpinOff

Lembrando que Ultimato não é o único filme da Disney para o Oscar 2020. Alladdin, Toy Story 4, O Rei Leão e o Frozen II também fazem parte da lista.

Durante a San Diego Comic-Com, Vingadores: Ultimato superou Avatar e se tornou a maior bilheteria de todos os tempos, arrecadando US$ 2,79 bilhões. Agora, a Marvel tem cinco das dez maiores bilheterias da história. Entre os outros longas também estão Vingadores: Guerra Infinita em 5º lugar e Os Vingadores em 8º.

Fonte: Jovem Nerd.