Ryan Gosling pode ser Lex Luthor em novo filme solo da DC

Rumores sobre mais um filme protagonizado por um vilão da DC.

0

Depois do sucesso de Coringa para uma nova linha de produção de filmes sombrios da DC na Warner Bros, os fãs ficam curiosos sobre qual será o próximo passo nesse caminho.

Os jornalistas Jeff Sneider e John Steven Rocha, do site Collider, informaram que a Warner planeja continuar investindo no DC Black, selo destinado a produções sem nenhum tipo de conexão e que foi inaugurado por Coringa.

O próximo projeto pode ser um filme solo do vilão Lex Luthor. De acordo com eles, supostamente o ator Ryan Gosling estaria negociando para assumir o papel.

Gosling é considerado um dos principais atores de Hollywood, sendo seguido de perto até mesmo pela Marvel. Inclusive ele foi um dos cotados para interpretar Doutor Estranho.

Ryan Gosling é um ator, músico, produtor e diretor de cinema canadense. Ele começou sua carreira como um ator mirim na Disney e passou a aparecer em outros programas de entretenimento familiar, incluindo séries de terror infantil como Você tem medo do escuro? (1995) e Goosebumps (1996).

Recebeu aclamação do público por seu desempenho em Diário de Uma Paixão (2004), foi indicado três vezes ao Globo de Ouro, vencendo pelo musical La La Land (2017), e recebeu duas indicações ao Oscar por Half Nelson (2006) e La La Land.

Ryan Gosling pode ser Lex Luthor em novo filme solo da DC
DNA India

John Rocha diz que se trata apenas de um rumor, já que as conversas estão apenas começando e outro ator pode negociar o papel com a Warner, mas seu colega, Sneider, se mostrou muito positivo sobre a veracidade da informação.

Lex Luthor é um poderoso bilionário corrupto, magnata, cientista, inventor, filantropo para a cidade e uma das pessoas mais inteligentes do mundo. Uma figura pública carismática e bem conhecida, o personagem tem a intenção de se livrar do Superman, vendo-o como um obstáculo para seus planos e uma ameaça para a existência da humanidade.

O enredo mostraria o vilão antes de se confrontar com Superman, servindo como história de origem. Uma das possibilidades seria mostra-lo na corrida pela presidência dos Estados Unidos.

Fonte: Torre de Vigilância.