Mysterio quase teve uma aparência semelhante à de uma Hulkbuster em Homem-Aranha: Longe de Casa. Adaptar o vilão às telas havia se mostrado um desafio ao departamento criativo da Marvel, visto que até mesmo nas HQs seu visual era motivo de piadas.

Dentro deste desafio já considerável, havia um agravante: Em sua origem nos cinemas, Mysterio buscava se estabelecer como um vingador, querendo a fama e a adulação recebida por eles. Com isso em mente, o personagem projeta sua roupa com claras semelhanças a outros heróis. Vemos nela traços que lembram Homem de Ferro, Thor e até mesmo Visão. Ainda assim, havia a necessidade de que sua presença no cinema parecesse algo novo ao invés de derivativo.

O Mystério da Hulkbuster

O livro Spider-Man: Far From Home – The Art Of The Movie mostra que o vilão teve diversas versões antes de se tornar o que vimos no filme. Um visual em especial lembra muito a Hulkbuster, armadura usada por Tony Stark para deter Bruce Banner em sua loucura. Ryan Meinerding, artista responsável pela arte conceitual, revelou que se tratava de uma interpretação diferente do personagem. “Houve versões do Mysterio em que eu o fiz baseado na ideia de um fuzileiro espacial durão que escapou de sua dimensão”, diz Meinerding.

Veja também: Sexteto Sinistro pode aparecer nos próximos filmes do Homem-Aranha.

O resultado desta interpretação do personagem foi o design de uma armadura robusta, que mantém o infame capacete, mas o adapta ao contexto de uma ficção científica mais séria, como você confere abaixo.

Mystério na arte conceitual de Ryan Meinerding, utilizando uma grande armadura.

Se tratando de um blockbuster, o processo de design depende fortemente da proximidade entre roteiristas e artistas responsáveis pelos desenhos de conceito. No caso de Homem-Aranha: Longe de Casa, a decisão de ter Mystério como vilão e até mesmo sua história já haviam sido decididos pela Marvel com bastante antecedência. Contudo, não se tinha ideia de como seus poderes se apresentariam no UCM. Isso fez com que Meinerding imaginasse diversas versões do vilão, ajudando os roteiristas a entenderem melhor o que funcionaria ou não nos cinemas.

Ainda assim, é provável que a versão mais marcante entre as não utilizadas seja esta. Ela difere bastante das origens do personagem nos quadrinhos, enquanto se aproxima de um visual bastante familiar aos fãs do Universo Marvel nos cinemas.

Fonte: Screen Rant